Voluntárias Sociais presenteiam mil crianças em tarde natalina.

Crianças de comunidades carentes, muitas vezes, não têm a chance de viver as experiências repetidas a cada Natal, como por exemplo cear com os familiares ou receber presentes do Papai Noel. Pensando nisso, as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) promoveram, na tarde desta terça-feira (12), o ‘Natal Solidário nos Ares’, na área interna do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer), em Salvador, onde mil pequeninos vivenciaram o espírito natalino e se divertiram com uma diversificada programação de brincadeiras e atividades.

Participantes do projeto Mais Infância, idealizado e executado pelas VSBA, as crianças ficaram em êxtase quando o Papai Noel, com a típica sacola vermelha, pousou de helicóptero, trazendo diversos presentes. “Estou muito feliz, não só por ter trazido crianças e professoras, mas por que as Voluntárias Sociais alcançaram o objetivo de mobilizar muitos parceiros e fugir do modelo assistencialista, transformando a vida das pessoas”, vibrou a presidente das VSBA e primeira-dama do Estado, Aline Peixoto.

O governador Rui Costa também garantiu presença no evento. “Vim acompanhar, assistir e prestigiar essa iniciativa tão importante. O acolhimento da família e abertura de espaços de inclusão social e desenvolvimento são quesitos fundamentais para o futuro da criança”, afirmou.

Todas as mil crianças foram contempladas com mimos e ainda participaram de uma ceia natalina e de uma série de brincadeiras. A tarde ainda contou com a apresentação do coral Comunicanto, composto por servidores da Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), que cantou músicas do universo infantil e encantou a meninada. “Estou muito feliz de poder acompanhar as crianças em uma ação como esta. Muitas delas nem sabem o que é estar em uma celebração de Natal”, comemorou a educadora Ângela Oliveira.

Mais Infância

Cerca de 400 educadores que atuam em 200 creches comunitárias de Salvador estão sendo qualificados pelo projeto, que consiste em encontros mensais focados em temas para fortalecer a metodologia nas escolas, a fim de instrumentalizar o professor para que o retorno à unidade resulte em uma prática melhorada. Os profissionais capacitados trabalham com crianças de 0 a 5 anos em escolas comunitárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *