Vice não agrada seguidores

A escolha do general Hamilton Mourão (PRTB) como vice de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida presidecial  não agradou uma ala dos apoiadores do candidato militar. No Twitter, simpatizantes do príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança, nome derrotado para ocupar o posto ao lado de Bolsonaro na chapa, se manifestaram negativamente pela escolha de Mourão. 

 

A hashtag #PrincipeVice concentrou mais de 20 mil postagens na rede social e alcançou a segunda colocação nos trending topics do Brasil no Twitter. Em parte, as declarações sobre o assunto criticam a formação de uma chapa com militares por Bolsonaro e a adesão baixa que o nome do PRTB agrega ao pleito. O nome do general também ficou entre os mais comentados. 

Descartado como vice, segundo o BR18, Bolsonaro alocaria Luiz Philippe de Orleans e Bragança para o cargo de ministro das Relações Exteriores, caso o seja eleito. Para o candidato do PSL, o príncipe se credencia pelo seu currículo: fala cinco línguas e atual em bancos no exterior.

 

Carine@carinecalixto

Adorei a escolha do General Mourão. O Príncipe fica melhor cuidando das relações exteriores. Tem gente já dizendo que não vai votar no Bolsonaro, porque ele não fez a vontade de parte da militância, colocando o príncipe. Sinal que não estão preocupados com o brasil.

Weder Mendes@WederMendes18

O equilíbrio é necessário nos tempos em que vivemos. Seria a escolha perfeita.

 

Cabuloso@Osolubac

foi a escolha da militância Bolsonarista, onde se consideram mais atuantes, na rede. Mas Bolsomito já mostrou q caga pra militância, escolhendo outro. Como são pelegos, a militância aceita a imposição totalitária e já começam a passar pano. Mete a vara neles, mito.

 

Guilherme Fernandes@SacredKnightF

Tanto o como o não seriam más escolhas. Um deles pode ocupar algum cargo posteriormente. Porem o Príncipe como vice seria crucial para ganhar as eleições. O Mourão pode assustar o povo e embasar a mídia para dizer que vai trazer a ditadura de volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *