Suspeito de matar mulher de policial morre

Suspeito de participar da tentativa de assalto que terminou na morte da mulher de um policial militar em Feira de Santana  na noite de sexta-feira (2), Elton Messias da Cruz morreu em suposto confronto com policiais militares, em uma operação realizada no sábado (4) na zona rural da cidade de Tanquinho.

 

Segundo o site Acorda Cidade, homens da Rondesp Leste chegaram até o suspeito após abordar um veículo na BR-116 Norte, nas proximidades de um posto de gasolina. No carro estavam o condutor, cujo nome não foi divulgado, e uma mulher, Josenalva Silva Mota, que aparentava estar muito nervosa. Durante uma vistoria no veículo, os policiais encontraram um revólver calibre 38, que o motorista apontou ser de Josenalva.

 

Aos policiais, ela confessou que estava levando a arma para o marido em Tanquinho porque ele tinha cometido um assalto que terminou com um PM ferido e a mulher dele morta. Josenalva ainda relatou que havia sido ameaçada de morte pelo marido.

 

Segundo a PM, ao chegar no local indicado pela mulher, os policiais teriam sido recebidos a tiros por Elton, que revidaram e acabaram matando o suspeito. Ele chegou a ser socorrido pela guarnição para o Hospital Municipal de Tanquinho, mas não resistiu. Já Josenalva foi levada para a Central de Flagrantes do bairro Sobradinho, em Feira de Santana, onde foi enquadrada por porte ilegal de arma.

 

Ana Carla dos Santos Leite, de 28 anos, foi morta após ser atingida por três tiros, no peito esquerdo, coxa esquerda e braço direito, durante uma tentativa de assalto ocorrida próximo ao shopping Boulevard, em Feira. No momento do crime, ela estava acompanhada do marido, o tenente Fábio Emanuel Santos, que também foi atingido por três tiros e precisou passar por cirurgia.

 

Na última sexta-feira (3), a polícia já havia apreendido um adolescente de 17 anos, que também teria participado do crime. O suspeito foi apresentado na Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI). Com ele, os policiais apreenderam armas e drogas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *