Rui quer estação de Lauro de Freitas

Apesar de já estar prevista no contrato entre o governo e a concessionária CCR, a construção da estação de Lauro de Freitas apenas será construída quando a estação do aeroporto, inaugurada nesta quinta-feira (26), atingir o número de 6 mil passageiros na hora de maior movimento durante 6 meses. A previsão é contratual. ” O nosso desejo é iniciar (a construção da estação) o mais rápido possível, mas tem essa obrigação da CCR de apenas iniciar as obras quando a estação atingir o fluxo de 6 mil passageiros na hora de maior movimento, a partir disso nós iremos iniciar a construção e em contrato há um prazo para que a concessionária finalize a obra”, explicou o governador Rui Costa. A estação Lauro de Freitas, que será construída em frente à loja Insinuante, é a última prevista em contrato entre o governo e a CCR, mas isso não impede que o metrô deixe de operar. É o que explica o governador, afirmando que a estação de Brasilgás, que será licitada em maio, é financiada com recursos públicos. “Estamos esperando empréstimo da Caixa Econômica Federal. Ou seja, é um investimento público. A CCR apenas opera o metrô”, disse Rui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *