PV pode sair da base de Neto

O caminho para uma eventual ida do PV da base do aliada do governador Rui Costa passa pela insatisfação de Ivanilson Gomes com a prefeitura de Salvador. Um dos principais líderes da legenda na Bahia, ele questiona a falta de espaço recebida pelo partido dentro da administração de ACM Neto. Além disso, Ivanilson teria se irritado com uma movimentação política que impediu a filiação de quadros políticos ao PV. Conforme pessoas próximas à situação relataram ao Bahia Notícias, o partido estava de olho em integrantes do SD e outras lideranças comunitárias, mas o ingresso deles no PV teria sido barrado por um integrante da prefeitura. Com os reforços, Ivanilson buscava fortalecer o seu partido e viabilizar sua candidatura à Câmara dos Deputados na eleição deste ano. O impedimento das filiações foi visto por ele como uma tentativa de comprometer sua campanha. Ivanilson nega a intenção de integrar a base de Rui e garante que não conversou com o governador sobre o assunto, mas ressaltou que “no campo da política tudo é possível”. No entanto, outras pessoas com conhecimento do tema já tratam a saída do PV da base de ACM Neto como possível. O prefeito já vai precisar comprometer parte dos cargos de dentro da prefeitura para ter PR como aliado e por isso faltariam “recursos” para convencer o PV a ficar do seu lado. O próprio Ivanilson lembrou que, há dois anos, ACM Neto se comprometeu a dar mais espaço ao PV caso a sigla ficasse sem o posto de vice na última eleição – o posto acabou indo para o PMDB, com Bruno Reis. “Se o PV não ficasse na vice dele na prefeitura, reivindicamos um espaço em 2018, caso ele seja candidato”

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *