Processado

O apresentador Luciano Huck foi processado por danos morais. O autor do pedido, um professor e coordenador de faculdade, pediu indenização após a sua imagem ser utilizada sem autorização no programa Caldeirão do Huck. Já falecido, os herdeiros do requerente pedem que a Globo e o próprio Luciano paguem a eles cerca de R$150 mil reais. A situação que culminou no processo surgiu em um dos quadros do programa. Um ator abordou o senhor, que saía de um exame médico no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, e pediu para ele sua camisa emprestada para fazer uma entrevista de emprego, pois a que usava havia sujado de tinta. Segundo a defesa da família, a imagem sem autorização mostrada no programa, do professor “gordo, baixo, careca e barrigudo”, virou motivo de chacota pelas pessoas próximas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *