Prefeito pede calma

Após o vereador Henrique Carballal (PV) e o secretário municipal de Trabalho, Esportes e Lazer (Semtel), Alberto Pimentel (PSL), trocarem farpas na imprensa, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), pediu que os aliados tenham “respeito” entre eles e evitem “divergências em público”.

“Eu respeito a posição do Carballal como respeito a do Alberto, mas não vou ficar alimentando qualquer tipo de divergência na minha própria equipe. Espero que os dois possam se entender, possam conversar ou se respeitem pelo menos. Ninguém é obrigado a pensar como o outro. Ou ter a mesma opinião. Eu sou um cara muito aberto neste sentido, mas, pelo menos, espero que eles se respeitem e que evitem as divergências em público”, declarou ACM Neto.

Carballal e Pimentel trocaram farpas após o Bahia Notícias noticiar que o PSL é cotado para indicar o vice na provável chapa encabeçada pelo vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), na sucessão de ACM Neto em 2020. Para o vereador, se isto acontecer, o grupo estará “fadado ao fracasso”.

Pimentel rebateu e disse que Carballal “age como ave de mau agouro e como um legítimo petista”, ao se referir ao fato de o vereador ter sido filiado ao PT. Nesta terça-feira (4), o presidente  da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (SD), disse que pedirá explicações ao chefe da Semtel . 

Deixe uma resposta