Operação Última Estação cumpre oito mandados de prisão

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) e Polícia Federal (PF) deflagraram uma operação conjunta, nesta terça-feira (12), com intuito de quebrar a circulação de dinheiro proveniente do tráfico.

A Operação Última Estação, como foi chamada a ação da SSP e PF, está apurando o dinheiro movimentado pela quadrilha que era liderada por Marcelo Batista dos Santos, conhecido como Marreno, traficante morto em agosto de 2017 durante uma operação policial.

Foram efetuados, pela Força-Tarefa da SSP, dos departamentos de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil (Draco) e de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pelo Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar (CPE), além da PF, oito mandados de prisão, sendo três efetuados em presídios da Bahia.

Segundo informações da SSP, Rafael Almeida de Jesus, 28 anos, está preso desde outubro de 2017, em Serrinha. Ele foi encontrado com fuzis e submetralhadoras, um mandando foi cumprido, os outros dois foram executados no Presídio da Mata Escura. Rafael teria assumido os negócios da quadrilha de Marreno após sua morte.

Em São Cristóvão, Paulo Henrique Conceição de Jesus foi preso em flagrante com uma pistola 380, 96 kg de cocaína e 129 kg de maconha. Além de dois mandados de prisão cumpridos contra Douglas Xavier Ribeiro Santos e Rafael Pereira dos Reis. Um menor foi apreendido no mesmo bairro.

No município de Alagoinhas, foi cumprido um mandado de prisão contra a esposa de Rafael, Barbara Laís Santos Pereira Alves. Foram apreendidos também cerca de R$ 30 mil em espécie e alguns documentos falsos.

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *