Neto

No que depender do prefeito ACM Neto (DEM), o projeto do Bus Rapid Transit (BRT) não será modificado “de jeito nenhum”. Para ele, os protestos contra o modal são promovidos por pessoas que não andam de ônibus. “Não sabem qual é o sacrifício de andar de ônibus, que não vão precisar pegar o BRT. Esse grupo pequeno está querendo fazer marola. Ontem a manifestação foi muito limitada e o impressionante é que se tenta fazer um discurso que não tem nenhum fundamento”, acusou o prefeito. O democrata pontuou também que não há novidade na implantação, já que o modal foi anunciado em seu primeiro governo. O investimento é de quase R$ 800 milhões. “O projeto foi amplamente debatido, nós debatemos esse projeto ao longo de cinco anos com a cidade. Foram feitas audiências públicas, eu, particularmente, apresentei o projeto diversas vezes, a imprensa debateu”, frisou. Desde o início das obras, em março, manifestantes têm organizado atos contra o desmatamento provocado pela construção. Em resposta, a prefeitura divulgou uma lista para defender a necessidade e a efetividade do BRT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *