MDL indeciso

Os candidatos João Gualberto (PSDB) e José Ronaldo (DEM) devem anunciar nesta sexta-feira (25) a união das chapas de oposição na disputa pelo governo do Estado . A soma de forças entre os nomes, porém, pode significar a retirada de um apoio considerado certo para a candidatura virtual de Gualberto ao Palácio de Ondina. O Movimento Brasil Livre (MBL) baiano declarou  que, diferente de Gualberto, um apoio para uma chapa encabeçada pelo ex-prefeito de Feira de Santana pode não acontecer. “A tendência era apoiar João Gualberto. Ele não é oriundo da política, não tem nada contra seu nome e é próximo ao nosso vereador Cezar Leite (PSDB)”, destacou Ricardo Almeida, dirigente do MBL na Bahia. Sem o parlamentar como pré-candidato ao governo, Almeida adota um tom de cautela para falar sobre José Ronaldo. “A gente vai ter que conversar com a oposição”, diz. “Existe muitos níveis de engajamento em uma campanha. A gente pode dar um apoio muito simples, fazendo um meme para nossa página ou partir para um plano de ação muito muito maior”, ponderou o dirigente. Sem Gualberto, o movimento não descarta, inclusive, apenas fazer uma campanha contra o pré-candidato a reeleição Rui Costa (PT) e concentrar as forças nas eleições no legislativo. O grupo tem como pré-candidato a deputado federal o vereador Cezar Leite e também trabalhará na candidatura da médica Mônica Bahia para deputada estadual.

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *