Lula candidato

O senador Paulo Rocha (PT) reafirmou nesta quinta-feira (14) que o Partido dos Trabalhadores vai registrar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República no dia 15 de agosto. Durante discurso no Senado, o baiano acompanhou os colegas de partido e também se referiu ao ex-presidente como “um preso político que foi condenado sem provas”. “Lula sofre perseguição judicial sem paralelo na história do Brasil”, discursou o parlamentar. Para o senador, “parte do Judiciário revogou a regra constitucional da presunção de inocência” e Lula acabou condenado e preso sem provas, o que o caracterizaria um preso político. “Condenar Lula é condenar a democracia, é condenar o povo à situação a que chegamos, é condenar o Brasil ao atraso, ao retrocesso”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *