Lázaro interesse nacional

Se na oposição cresce o clima para que haja uma mulher na chapa majoritária de José Ronaldo (DEM), o PSC continua querendo garantir para o deputado federal Irmão Lázaro a segunda vaga para o Senado. Além de negar que haja pressão do grupo para que o parlamentar ocupe a vice, na tese de que agregaria mais votos, o partido investe no discurso de que Lázaro é um nome nacional e tem “chances reais de vitória”.

“A candidatura de Lázaro é de interesse nacional. […] Nosso desejo, desde o início, é buscar unidade. Mas, se por questão ao arranjo político, nem todos tiverem a altivez necessária para entender que agora precisamos formar uma chapa forte, competitiva, onde as pessoas estão dispostas até a sacrificar o caminho mais fácil, Lázaro poderia ser deputado federal facilmente, lançaremos candidatura avulsa”, disse o deputado estadual Heber Santana (PSC), em entrevista ao BNews na última semana.

O discurso de Heber é que o deputado cantor, que coleciona mais de 8 milhões de seguidores em uma rede social, teria condições de vencer a disputa até mesmo sem o apoio do grupo.

No entanto, a informação que circula é que o DEM tem receio que Lázaro não ajude na candidatura de José Ronaldo se for candidato ao Senado. Por outro lado, o PSDB também usa o mesmo argumento, dificultando a eleição de Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) à Casa Alta do Congresso. Nesse contexto, a vereadora Ireuda Silva (PRB) pode ocupar o posto.

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *