Greve dificulta acesso a vacinação

A greve dos servidores municipais está dificultando o acesso da população a serviços em postos de saúde de Salvador, como vacinação e realização de curativos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), parte dos técnicos de enfermagem e enfermeiros que trabalham na rede pública, responsáveis por essas atividades, aderiram à paralisação.

A falta de trabalhadores afeta diferentes unidades de saúde e não há uma relação de quais delas estão sem oferecer os serviços no momento. Atualmente, a prefeitura realiza campanhas de vacinação antirrábica e contra sarampo e polio em Salvador.

O Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps), entidade que representa o maior número de representantes da categoria, iniciou a greve nesta segunda-feira (6) (veja mais). Nem todos os trabalhadores da área de saúde aderiram à paralisação por não serem ligados ao Sindseps. No entanto, entre os que pararam as atividades, a maioria é formada por técnicos de enfermagem e enfermeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *