Expulso

A Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, expulsou novamente o estudante Pedro Bellintani Baleotti, por publicar vídeos durantes as eleições de 2018 dizendo que a “negraiada vai morrer”. A decisão foi tomada em novo processo disciplinar.

 

Após a repercussão do vídeo, o aluno foi suspenso e depois desligado da Mackenzie. Uma decisão judicial, em janeiro deste ano, obrigou a reintegração do estudante na faculdade, mantendo apenas a suspensão, sob o argumento de que o processo para investigar a conduta do aluno foi irregular.

 

O estudante também foi expulso do escritório onde fazia estágio após os sócios terem conhecimento do vídeo. A decisão do desligamento do estudante foi publicada em portaria da instituição em abril após o término de novo processo administrativo na corregedoria da instituição.

Deixe uma resposta