Cartório fechado PF volta a funcionar

Fechado desde abril, o cartório do 1° Ofício de Vitória da Conquista, no sudoeste, foi reaberto nesta quarta-feira (11). Segundo o G1, o serviço passou a funcionar em nova sede, na Rua Lions Clube, no centro da cidade. O estabelecimento foi fechado durante operação Factum da Polícia Federal. Na ação, o chefe de repartição, Antônio Carlos de Jesus Bramont, foi preso e uma quantia de R$ 460 mil foi apreendida na casa dele .

 

Segundo as investigações, o acusado cobrava “taxa de agilização” para realizar atos cartorários a particulares bem como também para corretores de imóveis e despachantes. O esquema funcionava há mais de 15 anos. Ainda segundo reportagem, desde abril, quando o cartório ficou sob responsabilidade judicial do Cartório do 2º Ofício, atrasos no atendimento e reclamações se tornaram constantes. O cartório do 2º Ofício assumiu os trabalhos depois da prisão do chefe do cartório alvo da ação da PF, Antônio Carlos Bramont, que se mantém em prisão domiciliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *