Após demissão de Moacyr Franco, SBT é criticado nas redes sociais

A onda de cortes no SBT fez mais uma vítima. Depois da saída do humorista Carlinhos Aguiar, a emissora encerrou o contrato com Moacyr Franco. Na emissora desde os anos 90, ele fazia parte do elenco fixo de A Praça é Nossa há doze anos, atuando também como diretor de criação do programa.

Segundo informações do colunista Gabriel Perline, do Estadão, a decisão de desligar Moacyr Franco não partiu da direção do humorístico. “Quando soube que ele seria cortado, foi um choque. Eu disse à direção da casa que não conseguiria dar a notícia, porque iria começar a chorar na hora”, disse Carlos Alberto da Nóbrega ao jornal.

“Era um absurdo ele ter somente 5 minutos de participação na Praça. Mas a empresa não é minha, e a decisão também não foi minha. Estou muito triste. Ainda não tive coragem de falar com ele.”

O humorista Paulo Pioli, que interpretava o personagem Caipira, também foi cortado. Procurada, a emissora diz não comentar demissões.

A notícia pegou muitos espectadores do SBT de surpresa e rendeu críticas nas redes sociais. O nome de Moacyr Franco lidera a lista de assuntos mais comentados no Twitter, confira a repercussão:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *