Após 5 anos, Alovontê anuncia fim

Após cinco anos, o grupo Alavontê – atualmente formado por Ricardo Chaves, Magary Lord, Jonga Cunha, Ramon Cruz e Andrezão Simões – anunciou o fim das atividades a partir do dia 30 de maio. Em comunicado oficial nas redes sociais, o conjunto escreveu: “Em 2013 começamos uma história junto às pessoas, que queriam mais da vida. Cinco anos depois, o sentimento é de agradecer. Por tudo que aconteceu para todos nós, por nossas escolhas e pelos novos caminhos que seguiremos. A partir deste momento, começaremos um novo projeto musical”. Quem reagiu ao pronunciamento de forma debochada e sincera foi o cantor e compositor Manno Góes, membro fundador do grupo, que apontou ter sido expulso por questões políticas. No texto, o artista chamou os colegas de “bando de c*zões do caralho” e disse que ele foi quem fez “a por** toda”. “Eu que disse pra gente tocar sentado. Eu que criei as festas, ideias e projetos. Ah! Vão se foder, porra. Essa porra nasceu na casa de Duda Mendonça, comigo e Durval. Ingratos cuzões. Não sejam escrotos com seus amigos. Dêem valor à gratidão. Metam no cu o comunicado de vocês. Bunda moles do caralho. Só quero seguir meu baba e sigam o de vocês”, desabafou. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *