Agenor descarta ser candidato a presidente e rechaça apoio ‘ao grupo de Paulo Carneiro’

 

Presidente interino do Vitória, Agenor Gordilho revelou nesta segunda-feira (4) que não irá se candidatar à presidência do clube, no pleito eleitoral marcado para 13 de dezembro. O cartola só pretende se posicionar sobre a eleição após a publicação do regimento eleitoral, que deve acontecer na terça (5). “Já decidi que não serei candidato a presidente. Estou feliz pelo fato de deixar o Vitória na Série A. Teve muito presidente aí que deixou o clube na Série B e até na Série C. Assumi o clube em julho em uma situação ruim, mas conseguimos deixar o Vitória na Série A. Agora vou aguardar a publicação do regimento eleitoral para saber se terei que sair da presidência antes da eleição ou se terá eleição para vice-presidente. O presidente do Conselho Deliberativo [Paulo Catharino] juntamente com alguns advogados estão elaborando o regimento”, disse o dirigente, em entrevista ao Bahia Notícias. Agenor não quis falar em quem irá apoiar ou formar uma aliança no pleito. Porém, ele descartou marchar com Manoel Matos, que conta com apoio dos ex-presidentes Paulo Carneiro, Alexi Portela e Adhemar Lemos Júnior. “Não tenho nada contra Manoel Matos. Mas qualquer chapa que tiver Paulo Carneiro eu serei contra. Não apoio o grupo de Paulo Carneiro”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *