Abaixo assinado

A insatisfação com o presidente da Federação Bahiana de Futebol é tão grande que até abaixo assinado está sendo circulado no intuito de retirar Ednaldo Rodrigues da presidência da entidade. Torcedores anônimos promoveram o “Por renovação na FBF, FORA EDNALDO”, onde recolhe assinaturas virtuais de desportistas, dirigentes de futebol, imprensa e torcedores.

Confira o argumento dos torcedores anônimos contra o presidente Ednaldo Rodrigues:

“O futebol baiano está um caos com uma gestão arcaica, ultrapassada e incompetente que já dura 16 anos. Nenhuma instituição do país aceita tamanha falta de democracia e transparência.

Nos mesmos moldes das gestões da CBF apoiadas por Ednaldo, a FBF hoje é praticamente uma empresa familiar. Os parentes de Ednaldo e da esposa dele ocupam lugar em TODOS os departamentos da Federação Bahiana de Futebol.

Assine esse abaixo assinado e nos ajude a renovar a FBF e o futebol da Bahia”.

CLIQUE AQUI e seja redirecionado para a página de abaixo assinado contra o atual presidente da FBF.

Um comentário em “Abaixo assinado

  • 22/03/2018 em
    Permalink

    Enquanto os três “puderes conservarem bandidos em seu seio, “o lábaro que ostentas estrelado será mesmo a comprovação da desesperança de um povo a merecer mais dignidade. Está murchando o ex florão da América! Em tempos de denúncias e em plena crise moral, há vampiros se alimentando do sangue de 100 milhões de motoristas, exigindo por novas provas na renovação da CNH. Vampiros criminosos. Que fortuna em cima dos veículos nacionais. A continuar assim, o oportuno cancelamento da ridícula proposta, não impedirá que o governo do vampiresco impichado, crie um Ministério do Trânsito. Corruptos. Esfomeados todos, os três “nojentos puderes do Brasil, devem estar pensando em como lucrar com as 65 mil mortes anuais por acidentes fatais. Marielles, Mães da cracolândia e a performances de outros heróis estão a nos lembrar que passou da hora de uma faxina na Pátria dita amada. Amada por quase ninguém, a não ser por corações de pessoas como as homenageadas pelo Balaio e pela Folha (A cidade e seus personagens), reestréia do Kotscho em sua volta ao jornal. Valeu, Folha de São Paulo. Valeu, Kotscho. O Brasil está órfão da benemerência. Ah, se não fossem heróis anônimos dos nosso cotidiano! Deus conhece “a Mãe da Cracolândia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *